Carrapato

A melhor estratégia de uma dedetizadora para combater os carrapatos é através do controle químico, realizado com a aplicação de veneno, principalmente nas épocas mais quentes do ano.

Antes da aplicação de inseticida para carrapato, é preciso solicitar a inspeção técnica da dedetizadora. A visita técnica especializada é fundamental para definir qual veneno será utilizado e a quantidade correta da aplicação, avaliando também o grau de infestação e os tipos de carrapato que estão no ambiente.

A pulverização de veneno é ideal para áreas muito infestadas de carrapatos. Uma solução líquida venenosa é aplicada no local infectado por carrapatos com o uso de uma atomizadora. Dessa forma, o inseticida consegue chegar em pontos que a pulverização tradicional não consegue atingir.

A dedetizadora também pode providenciar a aplicação de superfície, feita com uma solução de inseticida que é aplicada de maneira uniforme sobre a superfície de um espaço infestado.

Assim, quando o carrapato invadir a superfície de contato com o veneno, ele será eliminado. A contaminação do carrapato acontece através de microscópicos cristais venenosos.

Os carrapatos são responsáveis pela transmissão de várias doenças para seres humanos e para animais de estimação, entre as quais estão Febre Maculosa, Babesiose Canina, Doença de Lyme e Erliquiose Canina. Além disso, a picada do carrapato causa irritação e alergia.