Todo processo de uma dedetizadora em ambientes precisa ser feito dentro de um planejamento, adotando uma série de cuidados preventivos quanto à saúde humana e também dos animais domésticos. Diante dos cuidados que são necessários e recomendados ao processo de dedetização de imóveis, não podemos nos esquecer nunca dos animais de estimação. A recomendação dada para as pessoas que moram ou frequentam a residência dedetizada é que o imóvel fique vazio por, no mínimo, 12 horas.

Os produtos utilizados para a dedetização podem ser nocivos para a saúde humana e dos animais e, por isso, o contato precisa ser evitado. Entre os problemas que podem ser causados pelos químicos da dedetização estão possíveis alergias, problemas respiratórios e absorção pela pele.

Contudo, quando a dedetização é feita por uma empresa séria e profissional, o cliente não precisa se preocupar, pois todas as medidas preventivas e as informações de segurança são implementadas e repassadas às pessoas interessadas.

 

Cuidados preventivos com os animais

É muito importante evitar que os animais domésticos entrem em contato direto com o veneno aplicado para o controle de pragas urbanas por meio da dedetização. A regra vale para cães, gatos, coelhos, pássaros ou qualquer tipo de animal doméstico.

Atualmente, existem produtos que são específicos para certos tipos de pragas, não causando problemas para animais de estimação. No entanto, o ideal é evitar o contato do pet com os químicos e, caso haja essa ocorrência, o dono deve ficar atento aos sintomas de uma possível intoxicação, como possíveis vômitos, salivação e convulsões. Ao menor sinal de qualquer sintoma estranho, o animal de estimação deve ser encaminhado para um profissional de medicina veterinária.

Caso não haja a possibilidade de deixar os animais com algum amigo ou parente durante a dedetização, o dono do imóvel pode restringir as ações do animal doméstico, evitando deixá-lo perto dos locais dedetizados.

Outra dica é a busca por hotéis pet friendly, que são especializados para esse tipo de situação. Nesses hotéis, a família pode hospedar seu animal doméstico, evitando que ele fique em contato com a casa dedetizada.

Vizinhos trabalhando em conjunto para a saúde da comunidade

As dicas de dedetização também valem caso o seu vizinho utilize o serviço de controle de pragas. Durante esse período, evite deixar que seu animal saia de casa, pois os insetos envenenados na outra residência podem fugir para o seu imóvel, causando possíveis prejuízos à saúde do seu bichinho de estimação.

O ideal é que aconteçam dedetizações combinadas entre os vizinhos, para que não ocorram contaminações por acidente. Conte com o suporte especializado da Dedetizadora Rimarc para garantir a segurança dos seus animais domésticos!

Cuidados com seu pet após os processos de uma dedetizadora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *